MEI: Conheça as regras e vantagens


Publicada em: 07 de março de 2021.

O MEI (Microempreendedor Individual) surgiu em 2008 possibilitando a muitos empreendedores o seu registro no CNPJ de forma mais facilitada. Mas a formalização do pequeno empresário individual possui algumas regras.

️ O MEI poderá ter um faturamento anual de até R$ 81.000,00
️ O empresário que quer ser MEI não pode ser sócio ou titular em outra empresa
️ Caso o MEI decida contratar funcionários é importante saber que ele só poderá ter um colaborador.
️ É importante também que o MEI se enquadre entre as atividades permitidas, segundo a Resolução CGSN n° 140/2018. O MEI pode fazer a consulta das atividades permitidas neste link: https://www.gov.br/empresas-e-negocios/pt-br/empreendedor/quero-ser-mei/atividades-permitidas

A abertura do CNPJ MEI não é permitida para servidores públicos federais em atividade. Os servidores públicos estaduais e municipais devem verificar os critérios das legislações de suas cidades e estados.

O trabalhador registrado no regime CLT pode se formalizar como MEI, mas, no caso de demissão sem justa causa não terá direito a seguro desemprego. Mas um MEI pode sim exercer atividade como MEI e possuir carteira assinada.

O beneficiário do auxílio-doença que se cadastra como MEI perde o benefício no mês da formalização, o mesmo ocorre com beneficiários de aposentadoria por invalidez e pensionista inválido.

O beneficiário do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC-LOAS) não perde o benefício de imediato, mas pode acontecer avaliação do Serviço Social ao identificar aumento na renda da família.

O limite de faturamento comentando antes é contado de janeiro a dezembro, então o MEI que inicia as suas atividades no meio do ano deverá considerar o limite do valor de forma proporcional.

O MEI tem algumas vantagens, como benefícios do INSS, conta bancária empresarial (pessoa jurídica), entre outras.

Interessante comentar sobre a conta bancária empresarial, pois, com o CNPJ MEI, você pode abrir uma conta empresarial em qualquer banco e desfrutar de benefícios oferecidos exclusivamente a empresas. São muitas vantagens, como por exemplo, o empréstimo facilitado, onde você passa a possuir uma linha de crédito facilitada.

Você também poderá ter um funcionário de forma totalmente legal, e uma contabilidade facilitada, mais simples que dos outros formatos empresariais.

O MEI até pode fazer a sua própria contabilidade, mas o melhor é sempre o empreendedor contar com o apoio de um contador.

Como comentamos antes o MEI tem alguns benefícios previdenciários (INSS), quem possui um CNPJ MEI pode se aposentar pelo INSS por exemplo. Com isso o MEI pode usufruir da aposentadoria por idade de acordo com a carência. Para este caso é necessário manter suas contribuições em dia, e o tempo mínimo de contribuição é de 180 meses. Em caso de aposentadoria por idades o direito para mulheres é a partir de 60 anos e homens 65.

Fora isso o MEI também tem direito a auxílio doença e aposentadoria por invalidez, sendo necessários nestes casos 12 meses de contribuição.

Em caso de o empresário MEI falecer ou ser preso é concedido para seus dependentes uma pensão por morte ou auxílio reclusão. O benefício possui duração variável neste caso a depender da idade e do tipo do beneficiário.

Quando se trata de gestante MEI ela terá direito ao salário-maternidade, mas neste caso são necessários 10 meses de contribuição.

Como comentado antes, o MEI pode contratar um funcionário, mas a pessoa contratada não pode ser seu cônjuge. Vale ressaltar que devem ser seguidas todas as normas da CLT, pagando um salário mínimo ou piso da categoria.

Também é importante falar da nota fiscal (NF-e) para o MEI. De maneira geral o MEI não é obrigado a emitir nota fiscal. Você deve saber que essa condição é válida nas vendas ao consumidor final pessoa física. É importante ressaltar que se o consumidor for outra empresa e ela não fizer a nota fiscal de entrada você não pode se negar a emitir a NF-e.

 

https://www.contabilidadenatv.com.br/2021/03/conheca-as-vantagens-e-regras-para-se-ter-um-mei/

Publicada por Morgana Paulette.

← Voltar ao topo

Últimas notícias

Prorrogado prazo para pagamento dos Tributos Federais, Estaduais e Municipais no âmbito do Simples Nacional · 27 de março
Prazo de dispensa de autenticação documental é ampliado · 27 de março
Auxílio e Benefício emergencial na DIRPF · 07 de março
MEI: Conheça as regras e vantagens · 07 de março
Simples Nacional: prorrogado vencimento de janeiro · 08 de fevereiro
MEI terá novo valor de contribuição a partir desse mês · 08 de fevereiro
Novo sistema Carnê-Leão · 30 de janeiro
Declaração IRPF · 30 de janeiro
Opção pelo Simples Nacional  · 25 de janeiro
Governo federal lança “Balcão Único” para simplificar a abertura de empresas · 25 de janeiro
Salário Mínimo pra 2021: R$ 1.100,00 · 06 de janeiro
Ministério da Economia divulga feriados e pontos facultativos para 2021 · 06 de janeiro
TST lança publicação educativa sobre teletrabalho · 17 de dezembro
Parcelamento de dívida ativa da União  · 10 de dezembro
Contrato Temporário para Fim de Ano · 10 de dezembro
Caixa retorna valores não movimentados do saque emergencial do FGTS · 02 de dezembro
NF-e: autorização para acesso às informações por terceiros é prorrogada · 02 de dezembro
MEI: saiba como gerenciar sua empresa · 24 de novembro
13º salário e férias dos trabalhadores que sofreram redução de jornada ou suspensão do contrato de trabalho · 24 de novembro
Contribuição Sindical: É necessário pagar? · 16 de novembro
Empresa Inativa · 16 de novembro
Contratação de colaboradores a partir da vigência da LGPD · 12 de novembro
Golpe do boleto falso · 10 de novembro
Pagamento Abono PIS · 04 de novembro
Nova funcionalidade do Portal do eSocial! · 04 de novembro
Receita Federal envia cartas a contribuintes com Declaração do IRPF 2020 retida na malha fina · 29 de outubro
Benefício Emergencial (BEm) prorrogado novamente · 14 de outubro
Contabilidade eleitoral  · 13 de outubro
Deputados defendem regulamentação do teletrabalho · 09 de outubro
Boletos do MEI já virão com valores em dobro a partir de outubro · 08 de outubro
Sistema PIX  · 05 de outubro
NF-e e a Lei Geral de Proteção de Dados  · 05 de outubro
DIA DO CONTADOR · 22 de setembro
TRANSFORMAÇÃO DIGITAL · 22 de setembro
Cronograma: portaria do Ministério da Economia confirma o adiamento do início das próximas fases do eSocial · 08 de setembro
Acesso ao Portal e-Cac por certificado digital ou em nuvem permanece somente até 31/8 · 28 de agosto
Receita Federal declarará inaptidão da inscrição no CNPJ por omissão de declaração · 28 de agosto
Contribuintes já podem entregar a declaração de ITR/2020 · 19 de agosto
STF mantém contribuição social de 10% do FGTS nos desligamentos sem justa causa · 19 de agosto
Nova lei estende a empresas do Simples Nacional possibilidade de desconto e prazo para quitar débito tributário · 07 de agosto
Ministério da Economia lança “Perguntas e Respostas” sobre os principais pontos da primeira etapa da Reforma Tributária · 07 de agosto
Dedução do IRPF pode acabar este ano · 30 de julho
Cuidado: empresa pode ser responsabilizada caso empregado contraia coronavírus! · 30 de julho
Governo disciplina recontratação no prazo de 90 dias após rescisão · 24 de julho
Trabalhador poderá receber seguro-desemprego na própria conta bancária · 24 de julho
Protocolos de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19 · 14 de julho
Prorrogado prazo de Validade das Certidões Negativas de Débitos · 14 de julho
Mais de 800 serviços públicos estão acessíveis pela internet · 08 de julho
Adiada para 3 de agosto a reabertura gradual das agências do INSS · 08 de julho
Entra em vigor Instrução Normativa 81 DREI · 03 de julho
IRPF 2020 · 03 de julho
Crise para Micros e Pequenos Negócios · 23 de junho
PRONAMPE: Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte  · 23 de junho
Governo de Pernambuco lança Plano de Monitoramento e Convivência com a Covid-19 · 03 de junho
Auxílio emergencial: como conferir se o CPF foi usado em uma fraude · 03 de junho
Secretaria lança canal online para denúncias trabalhistas · 28 de maio
Receita Federal já recebeu mais de 15,3 milhões de declarações · 28 de maio
Caixa Econômica oferece crédito para micro e pequenas empresas · 23 de abril
Coronavoucher: Auxílio Emergencial liberado  · 08 de abril
BNDES oferece linha de financiamento para folhas de pagamento · 08 de abril
PGFN suspenderá atos de cobrança e facilitará a renegociação de dívidas em decorrência da pandemia do novo coronavírus · 18 de março
Ministério da Economia anuncia medidas para diminuir o impacto do coronavírus no país · 17 de março
Coronavírus: se eu for afastado pelo médico, poderei trabalhar em home office? · 16 de março
Coronavírus chegou. Como ficam as relações de trabalho? · 16 de março
Governo antecipa pagamento do 13º para aposentados · 13 de março
Como é a declaração de IR para o MEI? · 10 de março
Saiba como doar parte do IRPF aos Fundos sociais · 10 de março
Simples Nacional defere mais da metade das solicitações para 2020 · 18 de fevereiro
Operações realizadas com Criptoativos devem ser prestadas à Receita Federal a partir deste mês · 05 de setembro
Mais de 5.000 empresas caem na malha fina e devem R$ 1 bilhão · 04 de junho
Quais os Benefícios Previdenciários do MEI? · 20 de maio
Multas do eSocial: Conheça as penalidades que as empresas estão sujeitas · 27 de fevereiro
A consulta ao lote residual de restituição multiexercício do IRPF do mês de JAN/2019 está disponível · 14 de janeiro
A Lei nº 13.792/2019 e as alterações a deliberações de sócios de sociedades limitadas · 11 de janeiro